Como lidar com a traição?

A ideia de traição varia de pessoa para pessoa, e não importa qual é sua concepção: caso se sinta traída/traído, vai se decepcionar. Isso porque haverá o sentimento de quebra de confiança no outro.

Antes de tudo, é preciso descobrir se há uma traição para depois pensar em como lidar com ela e qual atitude tomar. Entenda melhor como fazer isso.

Quais são indícios da traição?


Até o parceiro mais atento é capaz de sacar mudanças no relacionamento. Portanto, para ter certeza de que não está desconfiado à toa, observe esses indícios no outro:

  • Distanciamento na relação: falta de interesse em contar sobre sua rotina ou passar mais tempo junto com o parceiro;
  • Diminuição do desejo sexual: o parceiro deixa de demonstrar desejo sexual;
  • Produções excessivas: repentinamente, o cônjuge passa a caprichar no visual e compra roupas novas, principalmente roupa íntima;
  • Falta de tempo para você: há um repertório inteiro de desculpas para ficar ausente e não precisar passar um tempo junto do parceiro.

Se reconheceu algumas dessas mudanças na sua relação e sua angústia cresceu, as chances de existir traição no seu relacionamento estão grandes.


Vale a pena contratar um detetive para comprovar a traição?


Muitos parceiros desconfiados de traição buscam pelo detetive particular para seguir os passos do seu cônjuge a fim de desvendar a verdade. Por meio de uma investigação conjugal, o detetive vai levantar provas que deixam claro se existe ou não um amante entre o casal.

Acostumado a trabalhar disfarçado, o investigador possui as habilidades necessárias para levantar as evidências sem ser descoberto. Dessa forma, ele vai conversar com diversas pessoas para conseguir informações sem que elas desconfiem de que se trata de uma investigação sigilosa. Todos os dados levantados serão entregues ao cliente ao final da investigação.

As mulheres costumam ser discretas, o que dificulta a coleta de provas. Às vezes, o detetive gasta o dobro do tempo investigando as mulheres, em comparação ao que levaria para provar a traição de um homem, por exemplo. De qualquer forma, o cliente não precisa sair de casa nem se arriscar para esclarecer se há uma traição.


Como lidar com a traição?


Ao comprovar a traição, somos bombardeados por diversos sentimentos que vão de raiva a decepção, tristeza e até mesmo insegurança em relação à autoestima.

É preciso ter calma e respirar fundo para agir. Afinal, de nada adianta tomar decisões com a cabeça quente, e você pode gerar mais problemas e se arrepender. Também é necessário parar e conversar com o parceiro para decidir se há chances de perdão e, assim, evitar um possível rompimento.

Busque por ajuda psicológica para passar por esse momento difícil de aceitação da traição e saber lidar com seus sentimentos. Tenha uma conversa franca com o parceiro para saber detalhes da “pulada de cerca” de modo que seja possível verificar se há algum risco de ele ter contraído alguma doença.

Se sua opção foi não perdoar a traição e vai partir para um divórcio, entenda que o detetive também pode te assessorar nesse processo.
Postagem Anterior Próxima Postagem