Você sabe o que faz o agente administrativo da Polícia Federal?

Agente administrativo da polícia federal

Essa é uma das perguntas que mais tem sido feita na internet ultimamente. Afinal, com o concurso da Polícia Federal prestes a sair, muitas pessoas têm procurado saber o que fazem os agentes administrativos da PF.

Uma das principais curiosidades dos internautas e concurseiros é se os agentes administrativos se envolvem com as investigações policiais e atuam em campo.

Além disso, outras dúvidas pertinentes dizem respeito ao salário e aos requisitos do cargo para concorrer o concurso.

Então, se você está querendo saber mais sobre o agente administrativo da Polícia Federal, e sobre o concurso da PF, veio ao lugar certo.

E vamos começar falando um pouco sobre as funções e atribuições do cargo.

Acompanhe.

O que faz o agente administrativo da Polícia Federal?


Um dos principais aspectos a serem entendidos sobre o agente administrativo da Polícia Federal é que esse é um cargo de apoio aos profissionais da PF. Mas, nem por isso é menos importante.

Para ajudar você entender melhor, segue a descrição do cargo fornecida pelo edital do último concurso de agente administrativo da Polícia Federal:

São atribuições e funções do agente administrativo:


Realização de atividades de nível médio, de grande associação, envolvendo apresentação de solução para situações novas, a necessidade de constantes contatos com autoridades de média hierarquia.

Com técnicos de nível superior e / ou contatos fornecidos com autoridades de alta hierarquia e abrangendo planejamento em grau auxiliar e pesquisas preliminares realizadas sob supervisão indireta, predominantemente técnica.

Responsável à implementação das leis, normas e normas referentes à administração geral e específica; supervisão dos trabalhos que envolvem a aplicação das técnicas de pessoal, orçamento, organização, métodos e materiais de emprego por equipes auxiliares, chefia de secretarias de unidades da mais alta linha divisionais da organização.

O que isso significa na prática?


Significa que o agente administrativo pode atuar em diferentes funções dentro da instituição da Polícia Federal. Por exemplo:

  • No setor de recursos humanos;
  • Patrimônio;
  • Setor financeiro;
  • Contato com autoridades superiores;
  • Licitações e contratos;
  • Apoio administrativo à delegacia responsável pela concessão de porte de armas;
  • Delegacia de imigração, na emissão de passaporte;
  • Como apoio dos peritos da PF, entre outros locais.

Em resumo, como agente administrativo você pode atuar em quais cargos locais da Polícia Federal onde seja necessário, servidores administrativos.

Ou seja, um agente administrativo da PF não se envolve com as investigações policiais e não trabalha em campo dessa forma. Portanto, é uma função mais tranquila, exercida normalmente em escritório.

Quais são os requisitos para o agente administrativo da Polícia Federal?


O principal requisito para ocupar o cargo é ter o ensino médio concluído em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação - MEC.

Além do certificado de conclusão do ensino médio, também são exigidos para a vaga:

  1. Ser aprovado no concurso público agente administrativo da Polícia Federal;
  2. Possuir mais de 18 anos no dia da posse;
  3. Estar em dia com suas obrigações militares, caso você seja do sexo masculino;
  4. Apresentar declaração de que não cumpre sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público e / ou entidade da esfera federal, estadual e / ou municipal;
  5. Estar em pleno gozo dos seus direitos políticos, portanto, precisa estar com o título de eleitor em dia e não está impossibilitado de concorrer a cargo público;
  6. Ter cumprido todas as determinações do edital, então leia-o com atenção quando sair;
  7. Ser de nacionalidade brasileira ou portuguesa.

Lembrando que para as pessoas de nacionalidade portuguesa é preciso estar amparado pelo Estatuto de Igualdade Entre Brasileiros e Portugueses.

Fique atento aos detalhes da documentação para ser agente administrativo da Polícia Federal


Lembre-se de que não basta ter concluído o ensino médio, é necessário apresentar o certificado de conclusão registrado para comprovar que você conclui essa etapa de ensino.

Essa entrega é feita junto com os demais documentos exigidos pelo edital caso você seja aprovado no concurso.

É importante prestar atenção a esse ponto, pois ao solicitar a sua inscrição é preciso declarar estar ciente dos requisitos da vaga e concordar entregar todo o documento necessário obrigatoriamente.

Acredite, por mais que não pareça, esse é um detalhe que ainda prejudica alguns poucos em concursos.

Pois, há pessoas que se dedicam, estudam e passam para vaga, mas esquecem de conferir se possuem todos os documentos necessários para preencher os requisitos do cargo.

E na hora de fazer a entrega dos documentos se alguma coisa faltar, você pode perder a sua vaga depois de todo esforço que fez para conseguir aprovação.

Quanto ganha um agente administrativo da PF?


Apesar de ser um cargo de nível médio, o agente administrativo tem um salário elevado. Pois, os vencimentos iniciais da função ficam em torno de R$ 4.710,00 reais.

Isso porque o vencimento base do agente administrativo da Polícia Federal é de R$ 2.043,17.

Mas, você também recebe uma bonificação mínima de R$ 2.631,20, referente a gratificação de desempenho de atividade de apoio técnico-administrativo a polícia federal - GDATPF.

É importante destacar, contudo, que a bonificação mensal referente a GDATPF depende da avaliação de desempenho do Servidor e pode chegar até R$ 3.289,00.

Portanto, o seu salário como agente administrativo pode passar dos R$ 5,000,00 reais mensais, conforme o seu rendimento no cargo.

Além disso, ao longo da carreira os seus vencimentos podem ficar ainda maiores dependendo de seu desempenho. Isso inclui promoções e outras bonificações e gratificações do cargo.

Por fim, todos os servidores da Polícia Federal recebem ainda auxílio alimentação no valor de R$ 458,00 por mês.

Agente Administrativo da Polícia Federal: detalhes sobre o concurso 2021


A Polícia Federal já protocolou no ministério da economia o pedido para a realização do concurso agente administrativo da Polícia Federal 2021.

Foram solicitadas a abertura de 404 vagas para o cargo de agente administrativo e mais 123 vagas para funções diversas de nível superior.

A abertura vista para o dia 01 de julho, com previsão de publicação do edital para o dia 21 de setembro desse ano. Pois, a assinatura do contrato com a empresa responsável por organizar o concurso está prevista para dia 02/09.

Já realização das provas estão marcadas nesse cronograma para o dia 23 de janeiro de 2022. Contudo, é importante ficar atento para a possibilidade dessa data ser adiantada.

Isso é possível graças à existência do Decreto nº9.739/2019, que permite a PF e outros órgãos federais solicitar que as provas sejam antecipadas, diminuindo o prazo entre a publicação do edital e os testes em até 2 meses.

Quais são as disciplinas que são cobradas na prova?


A última prova para o agente administrativo da Polícia Federal contou com 50 questões de conhecimento básico e 70 questões referentes a conhecimentos específicos.

Portanto, é possível esperar alguma coisa na mesma média.

As questões de conhecimento específico para nível superior dependem do cargo. Mas, no último concurso as questões referentes ao nível médio (agente administrativo) versaram sobre as seguintes disciplinas:

  • Legislação aplicada a polícia federal;
  • Administração pública, aspectos básicos;
  • Noções de administração financeira e orçamentária;
  • Aspectos básicos de arquivologia;
  • Noções de gestão de pessoas;
  • Administração de recursos de materiais, aspectos básicos.

Já para se preparar para a prova de conhecimentos básicos as disciplinas foram as seguintes:

  • Raciocínio lógico;
  • Língua portuguesa;
  • Noções de informática;
  • Direito administrativo (aspectos básicos);
  • Noções de Direito Constitucional
  • Atualidades (somente para nível intermediário).

Existe a possibilidade também da realização de uma prova discursiva, assim como da realização de testes de aptidão física. Embora no último concurso agente administrativo PF, esses testes não tenham sido realizados.

No entanto, é sempre bom lembrar que isso depende também da empresa organizadora de provas.

No último concurso os candidatos realizaram as provas, e a perícia médica, nos mesmos Estados em que se inscreveram.

Para saber mais detalhes confira o último edital do concurso.

Existe taxa para inscrição no concurso da Polícia Federal 2021?


Sim, é preciso pagar uma taxa de inscrição para o concurso da Polícia Federal 2021.

O valor fica entre R $ 60 ou R $ 70 reais, a depender do cargo para o qual você se candidate.

Concorrência para o concurso agente administrativo da PF


Se você pretende prestar esse concurso é importante estar preparado quero uma concorrência acirrada.

O último concurso administrativo da Polícia Federal realizado em 2013 teve mais de 300 mil inscritos, e uma concorrência de aproximadamente 243 candidatos por vaga.

E para o concurso que só para sair nesse ano também é esperada uma concorrência elevada, provavelmente maior que a concorrência do concurso anterior.

Conclusão


A carga horária do agente administrativo da polícia federal é de 40 horas semanais, com direito a banco de horas.

Com um bom salário, e o regime estatutário que atribui a estabilidade ao funcionário público, essa é uma das funções estatais mais buscadas.

O trabalho em si, embora não seja tão arriscado quanto os agentes policiais, inclui muita responsabilidade e requer um bom preparo dos candidatos. Afinal, são vários os cargos da PF que precisam de servidores administrativos.

Espero ter ajudado você a saber mais sobre a carreira administrativa da PF. Você quer ser agente administrativo da Polícia Federal? Compartilhe e deixe um seu comentário!
Postagem Anterior Próxima Postagem